Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

 

PROFECIAS BÍBLICAS

          ÍNDICE

1 - Daniel e a Predição da História Mundial Daniel 2:16-28

2 - As Quatro Bestas e os Impérios Mundiais Daniel 7:1-10

3 - A Besta de Apoc 13 e a Guerra aos Santos Apoc 13:1-9

4 - O Trono de Davi e o Messias                     Salmo 89:28-37

5 - A Restauração de Israel                             Eze 37:1-14

6 - A Grande Batalha do Armagedom                 Zac 12:1-10

7 - O Reino Milenar Messiânico                     Isa 11:1-12

8 - Detalhes do Reino Milenar Messiânico      Isa 65:17-25

9 - Tempo de Recompensa dos Santos Luc 19:11-27

10 - A Igreja de DEUS na Profecia                       Apoc 12:1-17

11 - A Parábola do Trigo e do Joio                       Mat 13:24-30

12 - Como Será a Vinda do Senhor o Messias          Mat 25:15-35

13 - A Vinda de o Messias e o Anticristo                          II Tes 2:1-12

14 - As Setenta Semanas de Daniel     Dan 9:16-27

15 - Os 144 Mil e a Grande Multidão       Apoc 7:1-10

16 - Quem Será Levado e Quem Será Deixado? Mat 24:36-44

17 - Os Justos vão Realmente Morar no Céu?                            Apoc 21:1-8

18 - Jerusalém: A Cidade do Grande REI Salmo 48

19 - A Situação da Terra no Milênio                      Isa 11:1-10

20 - Redenção Completa na Cruz                          Heb 10:1-14

21 - Como é a Prisão de satanás?                     Apoc 20:1-10

22 - Haverá Mesmo um Juízo Investigativo? Apoc 20:7-15

23 - Discernindo Profetas e Profecias    Eze 13:1-9

24 - Promessas aos Gentios                           Gal 3:16-20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Curso de Investigação Bíblica Interdenominacional

Verso Áureo: "...Certamente, o vosso o ETERNO é o ETERNO dos deuses, e o Senhor dos reis, e o revelador dos segredos, pois pudeste revelar este segredo.                                  (Daniel 2:47)


2 - As Quatro Bestas e os Impérios Mundiais

INTRODUÇÃO DA LIÇÃO

Daniel teve o privilégio de desvendar e trazer ao monarca caldeu, o conhecimento dos acontecimentos vindouros, compreendidos desde o seu reino até a vinda gloriosa do Reino Milenar Messiânico.

o ETERNO confirma ao profeta tudo que havia mostrado a Nabucodonosor e acrescenta um fato novo: o surgimento de um poder que haveria de perseguir e tentar extinguir os santos do Altíssimo.

Confirma também a passagem do reino, hoje nas mãos dos governantes terrenos, para o domínio dos Seus santos.

 

RECAPITULAÇÃO

Só o ETERNO pode revelar o futuro. (Dn. 2:22,27,28)

A estátua representa os quatro reinos mundiais. (Dn 2:37-40)

A pedra significa a vinda de Cristo e a instauração de Seu reino. (Dn 2:34,44)

 

QUESTIONÁRIO

1. O que pensava Nabucodonosor sobre a origem da sabedoria de Daniel, ou Beltessazar, diante das revelações que obtinha?

O rei considerava a capacidade do hebreu e de certa forma exaltava a o ETERNO, pois reconhecia que tal dom vinha do Senhor. No entanto, diante da grandeza de seu reino e de sua arrogância, foi humilhado e punido. Mais tarde, sentiu sua fragilidade e confessou a soberania e majestade do ETERNO (Dn 4:18,30-37; 7:4).

 

2. No primeiro ano de Beltessazar, sucessor de Nabucodonosor, Daniel teve um sonho e visões. O que ele viu?

Daniel viu os quatro ventos do Céu combatendo no mar grande e quatro grandes animais diferentes subindo deste mar (Dn 7: 1-7).

 

3. Que significam ventos, mar e os três primeiros animais? Como entender as características especiais dos animais?

Mar e águas, nas profecias, podem representar povos, multidões, nações e línguas (Ap 17: 1,15; Is 8:7).

Quatro ventos combatendo no mar: Guerras entre os povos dos quatro pontos ou de toda a extensão da Terra. (Is 11: 12; Ez 7:2; Jr 4:11-13; 49:35-37; Os 13:15,16)

Animais: Reis ou reinos. (Dn 7: 17, 23)

Asas: Proteção, deslocamento e ação rápida nas conquistas. (Jr 48:40,41)

O versículo cinco, falando do segundo animal, o urso, diz que este tinha três costelas na boca, o que representa a conquista de três reinos: Babilônia, Egito e Lídia.

O terceiro animal, o leopardo representa a Grécia. Este possuía asas, e quatro cabeças, significando os quatro sucessores de Alexandre, o Grande, a saber: Cassandro (Macedônia), Lisímaco (Trácia), Ptolomeu (Egito) e Seleuco (Sítia).

 

4. Que características diferenciavam o quarto animal dos demais? Que representavam suas pontas? Que surgiu de especial entre suas dez pontas?

a) Era terrível, forte, violento, identificando-o perfeitamente com o Império Romano.

b) As dez pontas significam os fragmentos do potente reino, depois de 476 A.D., a saber: Hunos, Francos, Burgúndios, Anglo-Saxões, Visigodos, Suevos, Lombardos,Vândalos, Hérulos e Ostrogodos.

c) A 11ª ponta, que se levantou entre as dez, representa o papado, o qual, para se estabelecer, derribou a três pontas: Hérulos, Vândalos e Ostrogodos.

Para maiores detalhes sobre a estátua e os animais das profecias de Daniel 2 e 7, veja o quadro abaixo:

SÍMBOLOS NESTA PROFECIA

Símbolo

Governante

Império

Época

Leão Alado

Nabucodonosor

Babilônico

606-538 a.C.

Urso

Ciro & Cario

Medo-Persa

538-331 a.C.

Leopardo Alado

Alexandre/4generais

Grécia

331-168 a.C.

Animal Terrível

Imperadores dvs

Roma

168 a.C a 476 d.C.

OBS: Os quatro generais são: Cassandro; Lisímaco: Ptolomeu e Seleuco

5. Como se apresentava a ponta pequena e que atitude teve para com os santos do Altíssimo durante um período de tempo?

Tinha semelhança humana (olhos e boca); era arrogante e moveu intensa perseguição aos santos por 3,5 tempos, 1260 dias proféticos ou 1260 anos literais (Daniel 7:8, 19-25), que se estenderam de 538 A.D.-1798 A.D.

 

6. Que fato importante sucedeu após a visão do quarto animal e da ponta pequena que perseguiu os santos?

A Palavra fala-nos do envio do Filho do Homem para tomar posse de Seu reino sobre os povos, nações e línguas, quando os santos assumirão parte deste governo.

Como na visão do capítulo dois, o Reino Messiânico é o próximo depois dos quatro reinos humanos e este será estabelecido na Terra (Dn 7: 13, 14, 27, 28).

Daniel 7:27 - O reino, e o domínio, e a grandeza dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo. O seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão.

OBS: Toda esta profecia e as demais de Daniel nos fazem crer na precisão profética das Escrituras pois tudo que havia sido profetizado com anos de antecedência se cumpriram... Daniel nos deu cerca de 17 profecias ao longo do seu livro e 16 delas se cumpriram rigorosamente. A última delas - a visão da pedra que atinge a estátua - ainda está no porvir e representa a Volta do nosso Senhor para estabelecer, na Terra, o Seu reino Messiânico. Se TUDO foi fiel, porque esta última também não o será?

Saiba mais nos contatando com as suas dúvidas...

 

 

SAIR