Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

 

PROFECIAS BÍBLICAS

          ÍNDICE

1 - Daniel e a Predição da História Mundial Daniel 2:16-28

2 - As Quatro Bestas e os Impérios Mundiais Daniel 7:1-10

3 - A Besta de Apoc 13 e a Guerra aos Santos Apoc 13:1-9

4 - O Trono de Davi e o Messias                     Salmo 89:28-37

5 - A Restauração de Israel                             Eze 37:1-14

6 - A Grande Batalha do Armagedom                 Zac 12:1-10

7 - O Reino Milenar Messiânico                     Isa 11:1-12

8 - Detalhes do Reino Milenar Messiânico      Isa 65:17-25

9 - Tempo de Recompensa dos Santos Luc 19:11-27

10 - A Igreja de DEUS na Profecia                       Apoc 12:1-17

11 - A Parábola do Trigo e do Joio                       Mat 13:24-30

12 - Como Será a Vinda do Senhor o Messias          Mat 25:15-35

13 - A Vinda de o Messias e o Anticristo                          II Tes 2:1-12

14 - As Setenta Semanas de Daniel     Dan 9:16-27

15 - Os 144 Mil e a Grande Multidão       Apoc 7:1-10

16 - Quem Será Levado e Quem Será Deixado? Mat 24:36-44

17 - Os Justos vão Realmente Morar no Céu?                            Apoc 21:1-8

18 - Jerusalém: A Cidade do Grande REI Salmo 48

19 - A Situação da Terra no Milênio                      Isa 11:1-10

20 - Redenção Completa na Cruz                          Heb 10:1-14

21 - Como é a Prisão de satanás?                     Apoc 20:1-10

22 - Haverá Mesmo um Juízo Investigativo? Apoc 20:7-15

23 - Discernindo Profetas e Profecias    Eze 13:1-9

24 - Promessas aos Gentios                           Gal 3:16-20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Curso de Investigação Bíblica Interdenominacional

Verso Áureo: "E acontecerá naquele dia que farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que carregarem com ela certamente serão despedaçados, e ajuntar-se-ão contra ela todas as nações da terra". (Zacarias 12:3)

6 - A Grande Batalha do Armagedom
 

INTRODUÇÃO DA LIÇÃO

Jerusalém é a cidade do grande Rei (Mt 5:35; SI 48:2). Esta é a razão de ser polêmica e motivo de tantas disputas.

Por outro lado, é impossível separar a história de Israel, desta cidade. Perseguir e tentar tirar Israel de lá, é se envolver num conflito direto com o próprio o ETERNO. Este, todavia, é o ideal de muitos líderes muçulmanos e partidários; de que Israel deva abrir mão do território que o ETERNO lhe deu para os "irmãos" palestinos.

E o que está faltando, para a vinda gloriosa do Senhor o Messias e a implantação de Seu Reino aqui na Terra. Armagedom ou Monte Megido significa "lugar de tropas", pois junto está a planície de Esdrelom, onde se congregarão os exércitos que lutarão contra Israel.

 

RECAPITULAÇÃO

Com os judeus na sua terra, as nações se unirão contra Jerusalém (Jl 3:1,2); Completa a plenitude dos gentios, cessa o endurecimento de Israel e seu restante se converterá (Rm II :25); o Messias ocupará o trono de Davi e reinará sobre Israel (Lc 1:31-33);

Israel exercerá trabalho missionário sobre o resto das nações (Zc 8:20-23).

 

QUESTIONÁRIO

1. Qual é um dos principais objetivos de o Messias assumir o comando do planeta por mil anos? Que inimigos terão de ser erradicados?

o Messias acha-se hoje assentado à destra do Pai (Cl 3:1; Ap 3:21), aguardando o momento de completar a restauração ou regeneração de todas as coisas (At 3:21; Mt 19:28).

Virá para instaurar o reinado milenar de transição da Terra ao estado edênico, quando deverá vencer a todos os inimigos, dos quais o último é a morte (I Co 15:24­28). Reis e nações serão derrotados; esmiuçados (Ap 2:26,27; 19: I 5,21; Dn 2:34,35; Sl 2:8,9).

Os poderes espirituais das trevas serão aprisionados e tirados de circulação, para não perturbarem o governo sobre o restante das nações (Ap 20:1-3; Zc 13:2). A besta e o falso profeta, serão lançados no lago de fogo (Ap 19:20).

2. Chegada a hora, como reagirão as nações e que lhes sucederá ao terem que entregar o poder ao grande Rei? Quem livrará a Israel?

A fúria das nações contra Jerusalém demonstra que passarão o reino ao Messias somente diante de uma derrota final (Ap 11:15, 18). Com raras exceções, as nações se unirão, por apoio político ou de envio de contingentes militares, numa ação contra Jerusalém e Israel. O Senhor livrará Seu povo (Zc 12:3-9; 14:1-4, 12-16; Jl 3:2, 12,16,17,20 e 21).

3. Que papel exercerão os anjos um pouco antes da vinda do Mestre?

Virão um pouco antes e, como águias, alcançarão suas presas e as destruirão, deixando poucos sobreviventes (Mt 13:41,49,50; 24:28,31; Lc 17:34-37). O joio será queimado no fogo. Os salvos (o trigo), divinamente protegidos, estarão aqui na Terra ainda durante a destruição (Is 26:20; Sl 91:7,8; Ml 4:1­3), mas logo serão reunidos nas nuvens pelo arrebatamento, para recepcionar ao Rei e Messias o Messias.

Grande destruição, elementos ardendo e se fundindo, conforme previsto por Pedro, representam as obras dos homens no planeta (II Pe 3:10). Lembremo-nos de que, no dilúvio, foi igualmente dito que a terra seria destruída (Gn 6: 13).

OBS: II Ped 3:10 cumpre-se após o milênio...

4. Por que a guerra contra Israel acontecerá em Jerusalém e como entender que é um conflito contra o próprio o ETERNO? Que deve suceder aos palestinos?

Jerusalém (cidade de paz) é o lugar escolhido por o ETERNO para Sua habitação e ali o ETERNO pôs Seu santuário e Seu povo (I Rs 11:32-34; II Cr 33:4,7; Ed 2:68).

Lá também concentram-se os interesses das principais religiões: judaísmo, islamismo e cristianismo. Lá os judeus têm sua história e as ruínas do seu templo; os islamitas construíram a Mesquita de Omar e o cristianismo nominal, suas representações e interesses.

A guerra contra Israel e Jerusalém é contra o ETERNO! Os palestinos, descendentes de Esaú, que também representam o mundo árabe (ismaelitas - Gn 21:13, 18), estão posicionados contra Israel e serão punidos pelo Senhor. (Obadias vs. 15-21).

5. Seria o Armagedom uma Terceira Guerra Mundial? Por que Armagedom? Por que esta guerra? Quantas batalhas podemos esperar ainda contra Jerusalém?

O combate que ocorrerá na vinda do Messias, na verdade acontecerá no Vale de Josafá ou Cédrom, junto a Jerusalém.

Armagedom é o lugar previsto para o ajuntamento dos exércitos (Zc 14:1-3; Ap 16:16; Jl 2:2,12). Os efeitos deste conflito, no entanto, alcançarão a todo o planeta, pois é o grande dia da ira do ETERNO e do acerto de contas com reis e nações (Sf 1:14-18; 3:8).

A descrição revela sim, uma terceira guerra mundial e quando o potencial atômico mundial será detonado (Jl 2: 1­5; Zc 14:12). Jerusalém será a capital do Reino Messiânico (Is 2:2,3). No fim dos mil anos será objeto de outro cerco militar, promovido por satanás e os que seduzir dentre as nações. Fogo descerá do céu e os consumirá (Ap 20:1-10).

6. Quando será a vinda de o Messias? De hoje para amanhã? Qual será a situação de Jerusalém, após o Armagedom?

A Igreja está atenta aos eventos proféticos que vêm desenrolando-se, como a restauração de Israel e o fim do domínio gentio sobre Jerusalém com a guerra dos seis dias em 1967. O ex  líder da Organização para Libertação da Palestina, Yasser Arafat e a liderança israelense de Ariel Sharom, em lados opostos, de forma nunca amistosa, defenderam seus anseios por territórios. Entre eles, os EUA, tentam mostrar seus dotes de pacificador. Este conflito tem tempo definido: o retorno de o Messias. Até lá não é predito uma entrega de Israel.

Estamos agora aguardando o grande Rei o Messias, o Messias, que vai ocupar o trono de Davi. o Messias não virá antes desta batalha definitiva. Pregar que Ele pode vir já, é, no mínimo, falta de conhecimento das profecias em andamento.

A Igreja do ETERNO não está em trevas (I Ts 5:4; Ef. 2:20) e tem sólido fundamento nas palavras dos profetas. Ela sentirá a proximidade deste glorioso evento!

OBS: Saiba mais sobre o Armagedom e os fatos que o antecede,em nosso site Monte do Sinai

 

 

SAIR