Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

 

PROFECIAS BÍBLICAS

          ÍNDICE

1 - Daniel e a Predição da História Mundial Daniel 2:16-28

2 - As Quatro Bestas e os Impérios Mundiais Daniel 7:1-10

3 - A Besta de Apoc 13 e a Guerra aos Santos Apoc 13:1-9

4 - O Trono de Davi e o Messias                     Salmo 89:28-37

5 - A Restauração de Israel                             Eze 37:1-14

6 - A Grande Batalha do Armagedom                 Zac 12:1-10

7 - O Reino Milenar Messiânico                     Isa 11:1-12

8 - Detalhes do Reino Milenar Messiânico      Isa 65:17-25

9 - Tempo de Recompensa dos Santos Luc 19:11-27

10 - A Igreja de DEUS na Profecia                       Apoc 12:1-17

11 - A Parábola do Trigo e do Joio                       Mat 13:24-30

12 - Como Será a Vinda do Senhor o Messias          Mat 25:15-35

13 - A Vinda de o Messias e o Anticristo                      II Tes 2:1-12

14 - As Setenta Semanas de Daniel     Dan 9:16-27

15 - Os 144 Mil e a Grande Multidão       Apoc 7:1-10

16 - Quem Será Levado e Quem Será Deixado? Mat 24:36-44

17 - Os Justos vão Realmente Morar no Céu?                            Apoc 21:1-8

18 - Jerusalém: A Cidade do Grande REI Salmo 48

19 - A Situação da Terra no Milênio                      Isa 11:1-10

20 - Redenção Completa na Cruz                          Heb 10:1-14

21 - Como é a Prisão de satanás?                     Apoc 20:1-10

22 - Haverá Mesmo um Juízo Investigativo? Apoc 20:7-15

23 - Discernindo Profetas e Profecias    Eze 13:1-9

24 - Promessas aos Gentios                           Gal 3:16-20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Curso de Investigação Bíblica Interdenominacional

Verso Áureo: "Os céus são os céus do Senhor; mas a terra deu-a, Ele, aos filhos dos homens. " (Salmo 115:16)

17 - Os Justos vão Realmente Morar no Céu?
 

INTRODUÇÃO DA LIÇÃO

A maior ansiedade dos religiosos, ou pelo menos da grande maioria, é um dia ser trasladado ao Céu, ondo ETERNO habita e tem Seu trono, e lá passar algum tempo ou mesmo a eternidade.

Seria isto possível? Haveria algum respaldo bíblico a sustentar esta teoria?

Muitos acham que sim, e valem-se de certas passagens bíblicas para se apoiarem. No entanto,. é mister que se examine tais textos com muito temor e cuidado. Não se toma um versículo isolado de seu contexto.

A interpretação correta das Escrituras é aquela em que os versículos harmonizam-se com a inspiração de todo o capítulo ou assunto tratado.

 

ATIVANDO NOSSA MEMÓRIA

De onde, na verdade, procede a idéia de morar por algum tempo ou eternamente no Céu, já que isto não vem dos santos apóstolos e profetas?

A história fala-nos dos homens, denominados filósofos, que criaram ou introduziram na religião romana papal, a idéia de se morar no Céu. O povo de Israel nunca creu nisto.

Bertrand Russel em "História da Filosofia Ocidental" diz: "O Deão Inge*, em seu valioso livro sobre Plotino, ressalta acertadamente, o que o cristianismo lhe deve. O platonismo - diz ele - é parte da estrutura vital da teologia cristã, com a qual nenhuma outra filosofia, ouso dizê-lo, poderia funcionar sem atritos. Há, diz, uma extrema impossibilidade de extirpar-se o platonismo do cristianismo, sem o que o cristianismo se faça em pedaços". Assinala que Santo Agostinho refere-se ao sistema de Platão como o "mais puro e brilhante de toda a filosofia".

*Santo Agostinho é tido como um dos maiores mestres da religião papal.

Recomendamos que se pesquise o assunto de morada no Céu e imortalidade da alma em obras que versem sobre as idéias dos antigos filósofos gregos.

Muitas surpresas advirão!

 

QUESTIONÁRIO

1. Qual era a esperança de Israel e dos apóstolos quanto à vinda do Messias?

Em nenhum momento os apóstolos e demais israelitas manifestaram crença em um reino ou morada no Céu com o Messias:

Lucas 1:67-75 - Uma libertação literal dos inimigos e uma era de paz.

Lucas 24:21 - Desapontados, pois esperavam já o reino messiânico.

Lucas 19: 11; João 6:14 - Achavam que o reino seria implantado imediatamente.

Atos 1:6-8 - o Messias declara a missão da Igreja, antes de estabelecer o Reino.

 

2. Podemos encontrar nas Escrituras, vestígios da intenção de morar ou alcançar o Céu?

A primeira intenção de que temos notícia, foi a dos seguidores de Ninrode, em Babei, na terra de Sinear (Região entre os rios Tigre e Eufrates mais tarde denominada Babilônia).

Eles elaboraram um projeto de edificar uma cidade com uma torre que tocasse os céus. o ETERNO não aprovou tal arrogância e confundiu-lhes as línguas, paralisando a obra (Gn 10:8-10; 11: 1-8).

Tal qual a idolatria e seu culto ao deus-­sol, a teoria de uma ida ao Céu, também tem suas raízes na Babilônia.

 

3. Que personagem planejava não só subir ao Céu, bem como lá estabelecer seu trono e tornar-se semelhante ao o ETERNO Altíssimo?

Satanás teve este plano e daí pode ter saído a inspiração para os pagãos inventarem uma recompensa totalmente estranha às promessas das Escrituras (Is 14: 13,14).

 

4. Que lugar, segundo as Escrituras, é destinado aos homens justos?

Os mansos herdarão a Terra e os ímpios dela serão desarraigados (Mt 5:5; SI 37:3, 9-11, 18-20, 22, 29, 34; 10: 16; 52:5; Pv 2:21,22; 10:30).

Na vinda de o Messias, os habitantes dentre os homens que sobreviverem à grande destruição, converter-se-ão e buscarão ao Senhor. As promessas a Abraão implicam num reino aqui na terra (Rm 4:13; Gn 12:1-3,7; 13:14-17) e é isto que os gentios convertidos, igualmente herdarão (Gl 3:29).

 

5. Afinal, o que vem a ser o Céu?

O Céu é o trono do ETERNO (At 7:49; ls 66: I; Sl 11:4; Hb 2:20). o Messias o confirma, proibindo o juramento (Mt 5:34,35) e revelando, inclusive, que Jerusalém terrena é a cidade do grande Rei. Vemos aí a arrogância dos homens!

 

6. Não disse o Messias em João 14:2,3 que, na Casa do Pai havia muitas moradas, e que os salvos seriam trasladados para lá?

Na verdade, o Messias disse que na Casa do Pai havia sim, muitas moradas e que Ele tinha que lá comparecer, mas não disse que iríamos para lá para recebê-las. Se nós entendemos que estas moradas referem-se à santa Jerusalém Celestial, convém examinar  Apocalipse 21:1-4.

Aqui constatamos que esta cidade vai descer do Céu depois do Milênio, depois que a Terra estiver totalmente renovada.

Notaremos, inclusive, que nela não há homens. Sim, depois que descer é que será a habitação do ETERNO com os homens.

João 14, na verdade, é uma continuação do capítulo 13, onde o Messias dialogava com os Seus discípulos sobre Sua separação deles. Este diálogo os entristeceu e o Messias alentava-os, instando-os a seguirem firmes; que não estariam órfãos e que Ele voltaria para estar novamente com eles.

Eles não sabiam sequer para onde o Messias ia. Como poderiam então ter uma crença de uma morada no Céu?

 

7. Como compreender as passagens, que parecem dizer que o Céu é o lar dos remidos?

Notem que todas as passagens que falam de uma cidade, pátria nos Céus, não dizem que vamos habitar lá. Esta cidade vem para cá. Lembre-se que o Céu é o trono do ETERNO. Reino dos céus está correto e é diferente de Reino nos céus.

Repetimos: a Nova Jerusalém só vai abrir suas portas e ser habitada pelos homens, depois do Milênio, quando ela vier para a Terra e o Messias entregar o planeta totalmente purificado ao Pai (I Co 15: 24-28; Ap 21:1).

OBS: Esta expressão "o Reino dos Céus" só é encontrada no livro de Mateus (cerca de 32 vezes) e jamais ele cita: Reino nos Céus...

 

 

SAIR