Make your own free website on Tripod.com
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

 

PROFECIAS BÍBLICAS

          ÍNDICE

1 - Daniel e a Predição da História Mundial Daniel 2:16-28

2 - As Quatro Bestas e os Impérios Mundiais Daniel 7:1-10

3 - A Besta de Apoc 13 e a Guerra aos Santos Apoc 13:1-9

4 - O Trono de Davi e o Messias                     Salmo 89:28-37

5 - A Restauração de Israel                             Eze 37:1-14

6 - A Grande Batalha do Armagedom                 Zac 12:1-10

7 - O Reino Milenar Messiânico                     Isa 11:1-12

8 - Detalhes do Reino Milenar Messiânico      Isa 65:17-25

9 - Tempo de Recompensa dos Santos Luc 19:11-27

10 - A Igreja de DEUS na Profecia                       Apoc 12:1-17

11 - A Parábola do Trigo e do Joio                       Mat 13:24-30

12 - Como Será a Vinda do Senhor o Messias          Mat 25:15-35

13 - A Vinda de o Messias e o Anticristo                          II Tes 2:1-12

14 - As Setenta Semanas de Daniel     Dan 9:16-27

15 - Os 144 Mil e a Grande Multidão       Apoc 7:1-10

16 - Quem Será Levado e Quem Será Deixado? Mat 24:36-44

17 - Os Justos vão Realmente Morar no Céu?                            Apoc 21:1-8

18 - Jerusalém: A Cidade do Grande REI Salmo 48

19 - A Situação da Terra no Milênio                      Isa 11:1-10

20 - Redenção Completa na Cruz                          Heb 10:1-14

21 - Como é a Prisão de satanás?                     Apoc 20:1-10

22 - Haverá Mesmo um Juízo Investigativo? Apoc 20:7-15

23 - Discernindo Profetas e Profecias    Eze 13:1-9

24 - Promessas aos Gentios                           Gal 3:16-20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Curso de Investigação Bíblica Interdenominacional

Verso Áureo: "Pois também eu te digo que tu és Pedra, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. " (Mateus 16:18).

10 - A Igreja de YAOHU UL na Profecia
 

INTRODUÇÃO DA LIÇÃO

Por que há, em nossos dias, esta pluralidade de religiões denominadas "igrejas cristãs"? Foi na verdade isto que o Messias criou?

É correto promover divisões e fundar novas denominações? Existiria um fundamento bíblico para tudo isto?

Para encobrir a verdade e não despertar interesses em pesquisa sobre o assunto, as facções tratam de inculcar na mente do povo que denominação ou placa religiosa não salva e que o negócio é só crer em o Messias. Que não importa a que organização religiosa pertença-se, desde que se creia em o Messias. Seria assim mesmo?

         

QUESTIONÁRIO

 

1. Basta tão somente crer em o Messias para ser salvo? Como podemos identificar um salvo?

Na verdade, só mesmo através de Cristo é que temos a salvação (At 4:12; Ef 1:7).

No entanto, há certos detalhes, entre outros, que identificam um verdadeiro discípulo, remido pelo Senhor:

• É realmente convertido e recebe o batismo bíblico de remissão (At 2:38);

• Anda no Espírito e não produz as obras da carne (Rm 8:1; Gl 5:16);

Dá muito fruto e obedece espontaneamente à Palavra (Jo 15:4-8);

• Guarda os mandamentos do ETERNO (Jo 14:21; 15:10).

OBS: Uma denominação pode por em risco a salvação de seus membros ao impor-lhes erros doutrinais... Portanto, não é bem assim como dizem também que PLACA não salva, só Cristo! Pode Cristo habitar em um corpo contaminado pelas falsas doutrinas e dedicado a satã através das suas mentiras?

 

2. Pode uma pessoa, sem vínculo com a verdadeira Igreja, ou ligado a outros movimentos, considerar-se um salvo e esperar confiante pelo Senhor? Em conformidade com as Escrituras, quantas Igrejas existem?

Todos os que haviam de salvar-se, eram acrescentados à Igreja (At. 2:37,47).

Aconteceu com o Eunuco, com Saulo e inclusive com o gentio, Cornélio (Atos 8:38; 9:11; 11:13, 14 ).

A Igreja é o Corpo de Cristo. Fora deste Corpo, não há como estar ligado na Cabeça (Rm 12:5; I Co.12:12,20,27).

Biblicamente, o ETERNO só tem uma única Igreja e nunca admitiu divisões (Cl I: 18,24; I Co 1:10; 3:3). Assim como o ramo, fora da videira morre e seca, assim sucede com o crente, fora da Igreja de Cristo.

 

3. Onde, quando e por que foi fundada a verdadeira Igreja? Pode alguém reconstruir ou fundar uma outra Igreja cristã?

A Igreja é a reorganização da legítima Comunidade de Israel (Ef 2:12; At 15:14­17). Foi fundada por o Messias, o Cristo, há quase dois mil anos e teve por ponto de partida, a cidade de Jerusalém (Mt 16:18; At 1:8). Ninguém pode fundá-la de novo ou fundar outra, a menos que aquela de o Messias tenha deixado de existir.

 

4. Que grave incidente estava previsto na trajetória da Igreja, com o passamento dos apóstolos?

A Igreja recebeu a missão de testemunhar ao mundo o Evangelho do Reino do ETERNO - "o Caminho", começando por Jerusalém.

Tal missão começou no dia de Pentecostes, com o derramamento do espírito Santo (Apoc 3:20) e só deverá terminar por ocasião da Sua vinda!

Com a morte dos apóstolos, o inimigo aproveitou-se para introduzir, por meio de homens incautos, um processo de apostasia, que redundou na aliança de parte desta, com o Estado Romano (At 20:28-31). A outra parte permaneceu fiel; não se rendeu e teve de fugir, para sobreviver e escapar da perseguição do anticristo (Ap 12:14).

 

5. Teria a verdadeira Igreja do ETERNO desaparecido na era negra? Que destino tomou esta durante os 1260 dias proféticos de perseguição?

A Igreja jamais foi destruída, pois o próprio Mestre assegurou:

a) Que as portas do hades (inferno, sepultura, destruição) não prevaleceriam contra ela (Mt 16: 18);

b) Que Ele mesmo estaria com ela todos os dias, até fim dos séculos (Mt. 28:20);

c) Que ela seria protegida da perseguição dos 1260 anos, do poder do anticristo (Ap 12:6,14);

d) Que ela voltaria a profetizar a povos, nações e línguas (Ap 10:11).

As sete lâmpadas do castiçal, permanentemente acesas (Ap 1:20), são as sete igrejas ou sete eras da Igreja, desde os dias apostólicos até a vinda do Messias. Como a mulher de Apocalipse 12, a Igreja não foi destruída na era negra e nunca deixou de existir.

Vencido o período de perseguição da ponta pequena (o papado ou anticristo), a Igreja saiu do deserto e voltou a anunciar o Reino do ETERNO (Ap 10: 11).

 

6. Que tipos de erros estão incorrendo os fundadores de "igrejas", diante dos claros ensinos das Escrituras?

Ao fundar igrejas, estão comprovando que não acreditam na existência da Igreja original. Se cressem que ela não foi extinta, não estariam montando concorrência. Com isto, chamam o Messias de mentiroso. A Igreja fundada por o Messias foi e é um elo com o judaísmo em seus costumes e crenças...

Pelo batismo em nome de o Messias nos ligamos a Cristo e à Comunidade de Israel. Nos tornamos membros da Família do ETERNO.

Dizer que a Igreja acabou é legitimar a religião romana. Quem batizou e deu ministério aos reformadores protestantes vindos da religião papal? Se os reconhecermos, teremos que reconhecer o clero.

Ademais, teremos que admitir que as cruzadas, a inquisição e toda a perseguição, tiveram a aprovação do ETERNO e a presença de o Messias (" ... estou convosco todos os dias" Mt 28:20).

 

7. Como identificar e discernir as falsas "igrejas" da legítima Igreja do ETERNO?

Pela mensagem e princípios de fé é possível conhecer-se os movimentos com origem na religião papal e principalmente por professar o credo na doutrina da trindade...

A maioria destes crê e ensina a imortalidade da alma; defende idêntica posição quanto à divindade do ETERNO; acredita que vai morar no Céu e defende a maior divindade do paganismo, o deus­sol, prestando-lhe uma indiscutível homenagem ao honrá-lo num culto semanal (o domingo) e santificando-lhe um dia no ano, dedicado ao seu nascimento (o natal, o domingo dos domingo).

Ainda que um ou outro grupo diga ter origem apostólica, seus ensinos é que vão realmente revelar sua procedência.

OBS: Para saber se a igreja que você frequenta é a igreja que o Messias fundou, veja se as suas doutrinas fundamentais são embasadas nas Escrituras... CLIC AQUI para ler o nosso credo!

 

 

SAIR